Câmara vive novo ciclo e realiza 1ª Sessão do Vereador Mirim

O Poder Legislativo de Nova Alvorada do Sul, presidido pelo vereador Edir Alves Mesquita (PSD), foi palco democrático na noite de terça-feira, 17/10/17, de uma sessão ordinária especial, tendo em vista que pela primeira vez na história da Casa de Leis foi realizada a 1ª sessão do Projeto “Vereador Mirim por um Dia”, o qual conferiu a 11 (onze) jovens estudantes, o aval para legislar em prol da classe estudantil e comunidade em geral.

A tramitação do projeto teve início em 02/05/17, oportunidade em que foi aprovado por unanimidade e definido preliminarmente que o Parlamento deveria ser composto de 11 Vereadores Mirins indicados pela comunidade escolar, mediante concurso de prova redacional com o tema: o município que eu quero viver.

Após o processo de escolha e seleção, os jovens com faixa etária de 15 a 18 anos foram apadrinhados pelos vereadores da Casa, os quais terão diante das esferas públicas e políticas a responsabilidade legislativa de conduzir e concluir as matérias apresentadas pelos jovens. A matéria foi proposta pela vereadora Lourdes Pimentel (PMDB) e os vereadores: Israel Gomes, Vanderlei Bueno, Francisco Sales, Rosangela Alves, Jane Barrios e Luciano Dias, também hipotecaram apoio e assinaturas.

Após a diplomação dos vereadores mirins anteriormente realizada em sessão ordinária do dia 02/10/17, atendendo as disposições internas e regimentais da Casa, o ato de legislar por um dia teve inicio logo pela manhã do dia 17, oportunidade em que os jovens tiveram um contato direto com rotina dos vereadores da Câmara, noções sobre a Constituição Federal, cidadania e Lei Orgânica Municipal. Também fizeram os primeiros esboços para a pauta da sessão ordinária que aconteceu conforme as formalidades normais, as 19horas da noite, no Plenário – Vereador Sérgio Ferraz.

Com prestigio dos padrinhos políticos, professores, alunos, diretores e comunidade em geral, os jovens do parlamento mirim realizaram a sessão ordinária, ocasião em que deliberaram várias ações, benefícios e melhorias ao segmento educacional e em prol da coletividade sulnovaalvoradense, as quais foram direcionadas em todos os segmentos, uma vez que os vereadores mirins foram amplamente orientados sobre a futura tramitação de suas indicações.

O ato político e democrático registra um novo ciclo na Casa de Leis, onde se evidencia entre os legisladores e população em geral, a necessidade de uma efetiva participação de todos no contexto politico a nível local, estadual e federal para promover as mudanças necessárias.

Objetivo 

A realização do projeto “Vereador Mirim por um Dia” teve por objetivo promover a integração entre o Poder Legislativo, Escola e sociedade de Nova Alvorada do Sul, como forma de contribuir para a formação de cidadãos conscientes de seus deveres e direitos, estimulando-os a participar da construção de uma sociedade mais digna e justa.

Origem 

Na esfera local, o Projeto “Vereador por um dia”, foi idealizado no ano de 2014, tendo sido originado no projeto do Pro Jovem Urbano, na qual, a vereadora Lourdes Pimentel era professora.

Eleita para o Poder Legislativo de Nova Alvorada do Sul para a gestão 2017/2020, o projeto  foi uma das suas propostas de trabalho, o qual foi aprovado pela Câmara e amplamente aceito nas escolas e com entusiasmo pelos alunos, por ser um Projeto inédito no município.

“Acredito que a juventude se tornou decisiva na construção de uma sociedade mais justa, pacífica e inclusiva. Todos nós temos o dever de proporcionar aos nossos jovens a oportunidade de fazer parte da decisão da política para acabar com os conceitos construídos e  por um sistema que não foi nós que construímos. Devemos fazer dos valores da cidadania, da igualdade, da liberdade, dos direitos humanos, da tolerância e da paz, a solução para alcançar o desenvolvimento sustentável do nosso país. A geração dos jovens está em nossas mãos, logo, devemos ajudá-la a tornar-se a geração que mudou”   disse a vereadora Lourdes.

“Como presidente e também em nome de meus companheiros, posso dizer que durante todo o ano, estamos olhamos com muito mais atenção para cada canto do nosso município. Isso, fez com nós pudéssemos perceber a importância de sermos cidadãos conscientes. Nada mais justo do que proporcionar aos jovens, o direito de também conhecerem mais da política e vivencia-las no contexto geral. Estes jovens têm muito a somar na nossa coletividade urbana e social”, declarou Edir Mesquita, presidente da Câmara de Nova Alvorada do Sul.

Por sua vez, o jovem Euler Lima de Souza, que presidiu a Sessão do Parlamento Mirim, disse que a experiência foi muita satisfatória e que certamente, irá analisar com carinho os caminhos do seu futuro e quem sabe, não será um dos futuros legisladores.

A Câmara Mirim foi composta dos seguintes alunos da rede pública e estadual:  Lucas Arguelo Trindade Morais, Vitória Queiroz e Gabriela da Silva Cavalcante (Escola Rosalvo da Rocha Rodrigues), Rayane dos Santos Reis (Martinho Barbosa), Fernanda Oliveira Fernandes (Escola Leonor), Cristian Alves (Domiciano Porto), Maria Fernanda Tormena, César A. Medeiros Demétrio, Euler Lima de Souza (Delfina Nogueira) e Maria Dolores Lobato e Igor Pontes Shutz.

Por/Pr. Carlos

Pax Primavera