Ex-segurança de Rafaat é executado com 40 tiros de fuzil na Capital

Vítima saía de barbearia quando foi executada - Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado

Vítima foi atingida ao sair de uma barbearia na rua Amazonas

Ex-segurança do traficante paraguaio Jorge Rafaat, Orlando da Silva Fernandes, 41 anos, foi executado com cerca de 40 tiros de fuzil calibre ponto 556 ao deixar uma barbearia, no início da noite desta sexta-feira (26), na Rua Amazonas, no bairro Santa Fé, região central de Campo Grande.

Fernandes, conhecido como ‘Bomba’, possui quatro ac usações formais na Justiça por associação ao tráfico. O Correio do Estado apurou que ele vivia no bairro de alto padrão escondido e estava jurado de morte por facções criminosa, principais suspeitas do crime.

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 18h. Não há informações sobre os autores até a publicação desta reportagem, mas informações são de que se trata de uma dupla, que fugiu em um carro após o crime. Um motoqueiro poderia estar participando da ação dando cobertura.

Ainda de acordo com a PM, Fernandes carregava com si grande quantidade de dinheiro. São R$ 2,5 mil em cheques e pelo menos outros R$ 1,2 mil em notas.

Testemunhas relatam que a vítima estava na barbearia e, ao se dirigir a seu carro, uma caminhonete Hilux branca, estacionado em uma viela, foi surpreendido pelos atiradores.

Com medo e assustados, as pessoas não quiseram dar mais informações à reportagem do Correio do Estado. Familiares da vítima ainda estavam sendo localizadas.

Além da PM, equipes da perícia e da Polícia Civil também já estão no local. O estabelecimento onde Fernandes estava foi fechado pelos donos.

Ainda segundo informações da PM, um carro foi incendiado no Jardim Seminário, na região norte, minutos depois do crime. A polícia suspeita que seja o veículo usados pelos atiradores na execução.

Além de Fernandes, uma pessoa ficou ferida na ação. É outro cliente da barbearia que chegava ao local e ficou com o pescoço ferido pelos estilhaços do vidro de seu veículo, um Chevrolet preto, atingido por um dos tiros.

A polícia não confirma, mas tiros do fuzil também teriam atingido apartamentos da região, segundo relato de alguns moradores.

Chevrolet preto de cliente da barbearia também foi atingido pelos disparos: motorista ferido (Rafael Ribeiro/Correio do Estado).
Fonte:Correio do Estado
Pax Primavera