Exame desmente suicídio: jovem encontrada morta foi estrangulada e assassinada

Larissa teria sido assassinada por estrangulamento dentro da residência onde morava

O corpo da jovem Larissa Helena Gomes de Souza, 23 anos, passou por exame de autópsia que revelou que a jovem não teria cometido suicídio, mas sim sido executada por estrangulamento no bairro Burroski, em Corumbá. A princípio os familiares acreditavam em suicídio após ver as últimas postagens feitas pela jovem nas redes sociais.

Conforme o Site Topmidia, a polícia passa a investigar o caso como assassinato. Conforme o site Correio da Manhã, os policiais voltaram ao local do crime na tarde de ontem (3), para coletar novos depoimentos.

O caso

Larissa foi morta durante a madrugada do último domingo (2), dentro de sua residência em Corumbá.  A jovem tinha três filhos e foi encontrada sem vida pelo filho de 4 anos. De acordo com relatos da irmã, a jovem enfrentava uma depressão e tinha feito comentários sobre a possibilidade de tirar a própria vida.

Porém, os familiares desconhecem razões para a jovem ter cometido suicídio.  O caso será investigado.

Pax Primavera