Petrobras aumenta diesel em 2,5% com fim do programa de subvenção

Elevação corresponde a R$ 0,04 por litro, mas representa queda de 11,75% na comparação com o valor do combustível praticado antes do subsídio governamental

Conforme a estatal, o novo preço, que entra em vigor a partir da 0h de 1º de janeiro de 2019, é 11,75% menor ao de 31 de maio de 2018, após a greve dos caminhoneiros, quando estava em R$ 2,1016, o último antes do início do programa governamental. A petroleira justificou que o aumento de 2,5% é consequência da variação do câmbio e do preço internacional do diesel no período.
“O preço médio do diesel também é R$ 0,1771 menor, representando redução de 8,7%, em relação ao primeiro valor estabelecido no âmbito da subvenção, que foi de R$ 2,0316, praticado em 1º de junho de 2018”, afirmou a companhia, em nota. “Com o ajuste anunciado, há uma queda de 2,1% em 12 meses no preço médio do diesel comercializado pela Petrobras”, acrescentou.
O valor que a Petrobras cobra em suas refinarias considera as cotações internacionais do combustível e do câmbio, entre outros fatores. Esse preço representa cerca de metade do valor do diesel vendido nos postos, já que, no preço final ao consumidor, são adicionados os tributos, o custo do biodiesel e as margens de distribuidoras e revendedores.

Fonte:CB

Pax Primavera