Ação conjunta entre Polícia Civil e Militar cumpre mandado de prisão de acusado de homicídio

Segundo suspeito do homicídio de João Ramão Gomes Espíndola no distrito de prudencio Thomas e preso em ação conjunta da PM E PC.

Na tarde de hoje (16), uma ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar de Nova Alvorada do Sul resultou na localização, identificação e prisão de um foragido acusado de um homicídio ocorrido final do ano passado.

Foi dado cumprimento ao mandado de prisão  na cidade de Nova Alvorada do Sul, em desfavor de Nilcio Mendes, acusado de ter participado de um homicídio ocorrido no dia 29 de dezembro do ano passado no distrito de Prudêncio Thomaz em Rio Brilhante.Após levantamento pelas equipes de investigação, descobriu -se que o acusado estava residindo em um bairro populoso na cidade de Nova Alvorada do Sul.

A partir daí foram realizados contatos e trocas de informações e trabalho conjunto com a polícia civil e militar e na tarde de hoje sábado (16) uma operação foi deflagrada para prender o foragido.

Nilcio Mendes foi localizado nesta cidade e  monitorado pela PC e PM enquanto a polícia civil do Mato Grosso do Sul por meio do delegado titular da cidade de Nova Alvorada do Sul Dr. Rômulo Marcelo  representou pela prisão preventiva. Nilcio Mendes foi conduzido a carceragem da delegacia de policia civil afim de prestar contas com a justiça do referido crime.Cabe ressaltar que a localização e prisão do acusado deu-se graças ao empenho, dedicação, parceria e integração entre as instituições que trabalham diuturnamente em prol da comunidade.

Entenda o Caso

Investigadores da Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul prenderam nesta quinta-feira (10), Andeson Trindade Soares 27, conhecido como “dô chupeta” acusado de participação no assassinato do comerciante João Ramão Gomes Espíndola 37, ocorrido dia 29 de dezembro do ano passado no distrito de Prudêncio Thomaz em Rio Brilhante.

De acordo com as informações,polícias civis do SIG ( Setor de Investigações Gerais) de Nova Alvorada do Sul efetuaram a prisão do acusado que estava com mandado de prisão em aberto pela prática de homicídio qualificado por motivo fútil, após diligências naquela cidade. Delegado de Nova Alvorada do Sul, Rômulo Marcelo e sua equipe de policias chegaram até Anderson durante trabalho de investigação sobre o crime ocorrido na cidade vizinha.

Policias do SIG de Rio Brilhante foram até Nova Alvorada do Sul na manhã desta sexta-feira e encaminharam o preso para a delegacia.

Em depoimento ao delegado Alexandre Neves de Rio Brilhante, Anderson negou a autoria do crime, disse que apenas acompanhava seu tio que também é suspeito do assassinato. “Do chupeta” já tem passagens pela Polícia, inclusive estava foragido após ter sido condenado em processo por desacato.

O homem que é morador no distrito de Prudêncio Thomaz, foi recolhido em uma das celas da delegacia e ainda hoje (11) será transferido a Penitenciária local.

As investigações sobre o assassinato continuam, pois testemunhas afirmam a participação do segundo suspeito no crime.

João Ramão Gomes Espíndola era dono de um bar na rua Luciano Corrêa da Silva no distrito e teria no dia dos fatos cobrado uma dívida de 5 reais referente a uma cerveja que um dos suspeitos tinha no bar.

O homem não teria gostado da cobrança e acabou esfaqueando João Ramão. Ele ainda foi socorrido com vida até o hospital de Rio Brilhante, depois transferido ao hospital da Vida em Dourados onde morreu na tarde do dia seguinte (domingo).


Pax Primavera