Após 25 anos, Governo do Estado forma 13 novos oficiais de saúde da PM

Foto: Divulgação
  • Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A Academia da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul formou nesta sexta-feira (16), 13 novos oficiais de saúde, sendo 11 médicos e 2 médicos veterinários. A solenidade realizada pela manhã, na Associação Médica, contou com a presença do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira.

São 2 ortopedistas, 1 psiquiatra, 1 ginecologista/obstetra, 1 cardiologista, 1 clínico geral, 1 oftalmologista, 1 urologista e 2 dentistas que passam a trabalhar na Policlínica da Polícia Militar em Campo Grande. Já dos 2 médicos veterinários contratados pelo Governo do Estado um, que é especialista em pequenos animais, será lotado no Canil da PM e o outro, especialista em animais de grande porte, irá trabalhar na Cavalaria.

“Para nós é motivo de orgulho entregar à sociedade esses 13 oficiais de saúde, porque é a primeira turma de oficiais a ser formada Academia da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul”, destacou o secretário de Justiça e Segurança, que representou o governador Reinaldo Azambuja no evento.

Conforme o comandante-geral da PM, coronel Marcos Paulo Gimenez, a última turma de oficiais de saúde da Polícia Militar foi nomeada há 25 anos atrás. “Esses profissionais que hoje passam a integrar os quadros da PM são importantes médicos especialistas e veterinários que até então não existiam nos nossos quadros”, lembrou.

Os oficiais formados hoje foram aprovados em concurso público e ingressaram na Academia em março. O curso de formação que terminou em setembro teve 420 horas/aulas. Entre as disciplinas cursadas pelos novos oficiais de saúde estão legislação da PM, direito constitucional e administrativo, documentação médica da PM, tiro policial e noções de abordagem.

“Hoje nós realizamos um sonho, o sonho de nos tornarmos policiais militares, esse é o primeiro passo de uma longa caminhada, na qual vamos dar o nosso melhor para servir ao próximo”, garante o tenente Vitor Hugo Kussumoto, orador da turma.

A solenidade de formatura contou com as presenças do secretário Adjunto de Segurança, coronel Ary Carlos Barbosa, do comandante da Academia da Polícia Militar, coronel Massilon de Oliveira Silva Neto, do diretor do Corpo Clínico da Policlínica da PM, coronel Nelson Eduardo Morais de Oliveira, que empresta o nome para a turma de oficiais de saúde.

Investimentos e contratações

Ao todo o Governo do Estado contratou 466 novos policiais militares para os 79 municípios sul-mato-grossenses, sendo 50 oficiais, 403 soldados e 13 oficiais de saúde.

São mais de R$ 43 milhões investidos pelo Governo em equipamentos, viaturas, formação e contratações para a Polícia Militar, sendo que R$ 33 milhões são recursos próprios e R$ 10 milhões provenientes de emendas parlamentares.

Joelma Belchior, Sejusp

http://assomasul.org.br/