Após ser torturado, trio é resgatado durante ‘Tribunal do Crime’ do PCC em Campo Grande

Policiais encontraram até espada no local onde ocorria o julgamento

Mais três jovens foram resgatados durante a madrugada desta sexta-feira (27) de um ‘Tribunal do Crime’ da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), na região do bairro Coronel Antonino, próximo à favela da Mandela, em Campo Grande. Equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) em conjunto com equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais) fizeram o resgate.

A polícia recebeu uma denúncia anônima de que em um barraco próximo à favela da Mandela estavam três rapazes sendo torturados desde as 20 horas de quinta-feira (26).

Equipes policiais chegaram ao local e invadiram a casa por volta da 1h30 da madrugada desta sexta (27). Os autores, um total de quatro rapazes com idades de 22, 24, 27 e 29 anos tentaram fugir pulando em um córrego que passava aos fundos, mas foram alcançados pelos policiais e levados de volta para o barraco.

No barraco estavam as três vítimas com idades entre, 23, 26 e 25 anos, sendo que dois eram irmãos. Duas das vítimas estavam amarradas pelos pés e mãos, e o trio estava sob o efeito de drogas. Um dos autores ainda tentou mentir afirmando que também seria uma vítima, mas acabou confessando o crime.

Os jovens foram torturados com pedaços de paus, apanhando nas solas dos pés e em outras partes do corpo. Os autores contaram aos policiais que o julgamento estava acontecendo porque o trio não teria respeitado o estatuto da facção e roubaram na região onde atuavam. Os autores usaram uma camionete para sequestrar o trio e levar para o barraco para o julgamento.

Na casa, os policiais encontraram seis celulares, uma espada, um pedaço de pau, várias porções de maconha, uma balança de precisão e restos de um rádio transmissor usado para a frequência da polícia.

Todos foram levados para a delegacia e segundo informações policiais tanto as vítimas quanto os autores possuem passagens pela polícia.

‘Tribunal do Crime’

Nesta quarta-feira (25), uma jovem de 25 anos foi resgata por policiais de um ‘Tribunal do Crime’ do PCC (Primeiro Comando da Capital), do Portal Caiobá, em Campo Grande. Ela estaria sendo julgada por fazer parte da facção rival, o CV (Comando Vermelho).

No dia 22 de junho, um jovem de 19 anos foi resgatado no bairro São Jorge da Lagoa, onde passava pelo ‘Tribunal do Crime’.Quatro pessoas foram presas por equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais). Dentro da casa, os policiais flagraram quatro homens de 18, 23 e 46 anos, sendo que um deles estava armado com um revólver calibre 38. A vítima estava amarrada pelos pés e com as mãos livres.

Os quatro autores negaram que estavam fazendo ‘Tribunal do Crime’ e afirmaram que estavam no local só para consumirem drogas. A vítima disse aos policiais que só seria espancada e não morta.

Ainda em junho, no dia 28, Mascote de 30 anos, sobreviveu a um ‘Tribunal do Crime’ do PCC, a um atropelamento e conseguiu escapar de um novo julgamento da facção criminosa. Ele foi mantido em uma casa no Jardim Noroeste de onde conseguiu escapar.

Fonte Midiamax

Pax Primavera