Bebê de 8 meses atropelado em Copacabana morre em UPA

Bebê morreu em Unidade de Pronto Atendimento (Foto: Reprodução/GloboNews)

Cerca de 15 pessoas, ao todo, ficaram feridas no acidente.

Um bebê de 8 meses que foi uma das vítimas do atropelamento em Copacabana, Zona Sul do Rio, na noite desta quinta-feira (18) morreu em uma Unidade de Pronto Atendimento. A informação foi confirmada por policiais que atuam no caso. A mãe da criança também está internada em estado grave.

Além do bebê, cerca de 15 outras pessoas ficaram feridas – 12 delas levadas para o Hospital Miguel Couto, na Gávea.

O carro invadiu a calçadão e a praia, na altura da Rua Figueiredo Magalhães, por volta de 20h30. O motorista, Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos foi levado para a 12ª DP (Copacabana). Ele alegou que sofreu um ataque epilético.

Uma hora depois do acidente, feridos ainda eram atendidos no local. Uma testemunha, uma turista argentina ouvida pela GloboNews, afirmou que o carro estava em alta velocidade (veja a entrevista acima).

“Cadeiras voaram, não percebemos que era o carro até que as pessoas começaram a abrir e aí vimos gente caída no chão. Havia um bebê machucado”.

“Foi muito rápido, [o carro] veio muito rápido. Foi estranho, porque o trânsito estava muito lento”.

Bombeiros atendem feridos em Copacabana, no Rio, após carro invadir calçadão (Foto: Ian Cheibub/Agif/Estadão Conteúdo)
Pax Primavera