Casal é flagrado pela polícia vendendo bebê de 12 dias por R$ 600

A venda do bebê foi denunciada por vizinhos da mãe junto ao CODENI (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes) de Ciudad Del Este

 A Polícia Nacional do Paraguai flagrou um casal tentando vender um bebê de apenas 12 dias, na última terça-feira, em Ciudad Del Este, na fronteira com Foz do Iguaçu.

Os policiais conseguiram realizar a ação no momento em que o homem e a mulher entregavam a criança, por um milhão de guaranis, o equivalente a R$ 660,00.

A venda do bebê foi denunciada por vizinhos da mãe junto ao CODENI (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes) de Ciudad Del Este, no Paraguai, que de pronto a diretora encaminhou a causa junto ao Ministério Público, que determinou um acompanhamento vigiado pela Policia Nacional. 

A representante do Ministério Público, Estela Ramirez supervisionou a entrega vigiada da criança, com aval do juiz Penal de Garantias Carlos Vera Ruiz, sendo que toda a negociação foi gravada com ordem judicial. 

A negociação foi realizada pelo pai, este identificado como sendo um cidadão uruguaio. As cédulas de dinheiro foram fotocopiadas e acertado que o pagamento e a entrega do bebê ocorreria no Hospital Regional de Ciudad Del Este. 

Na entrega do bebê, o pai foi preso em flagrante com o dinheiro, sendo o bebe recolhido por determinação judicial, que de pronto ordenou a prisão da própria mãe, pois ela teria autorizado a venda, sendo os pais enquadrados no crime de tráfico de menores.

Fonte:Fatimanews

Pax Primavera