Com repasse de R$ 1,3 milhão, Governo garante retorno da seleção de vôlei a MS depois de 16 anos

Fotos: Chico Ribeiro

A seleção masculina de vôlei do Brasil voltará a jogar em Mato Grosso do Sul depois de 16 anos. Nesta sexta-feira (7), o governador Reinaldo Azambuja e o CEO da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Radamés Lattari Filho, assinaram convênio para a realização da última etapa da Liga da Nações 2020 em Campo Grande. Os jogos vão reunir Brasil, Alemanha, Itália e Rússia entre os dias 19, 20 e 21 de junho no Ginásio Guanandizão – que passa por reforma graças a parceria entre Governo do Estado e Prefeitura.

Para garantir os jogos da Liga da Nações na Capital de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado vai repassar R$ 1,3 milhão de recursos próprios para as confederações brasileira e estadual de vôlei, em parceria com a Prefeitura Municipal. A medida coloca o Estado de volta no circuito nacional do vôlei masculino de quadra, já que a última vez que o Brasil jogou em Campo Grande foi em 2004, quando venceu Portugal pela Liga Mundial.

“É o maior evento de vôlei no Brasil neste ano. Vamos reinaugurar o Guanandizão com a Liga das Nações porque juntamos esforços e construímos parceria sólida. Estamos investindo em Campo Grande”, destacou o governador Reinaldo Azambuja. Segundo o prefeito Marquinhos Trad, os jogos em junho deste ano serão o último teste da seleção antes das Olimpíadas de Tóquio. “As melhores seleções do mundo estarão aqui. Investindo no esporte estamos investindo no futuro do nosso País”, afirmou.

Reinaldo Azambuja e Marquinhos Trad se reuniram durante evento de lançamento do calendário esportivo de 2020 de Campo Grande e de inauguração da pista de atletismo do Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho. A solenidade foi acompanhada pelo secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério da Cidadania, Emanuel Rego, que é ex-jogador de vôlei e foi campeão olímpico pelo Brasil em Atenas 2004.

Também participaram da solenidade os secretários estaduais Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Carlos Alberto de Assis (Articulação Polícia da Capital). Além deles, estiveram presentes os deputados federais Fábio Trad e Luiz Ovando; os deputados estaduais Paulo Corrêa (presidente da Assembleia Legislativa), Coronel David, Herculano Borges e Felipe Orro; e o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de MS (Fundesporte), Marcelo Miranda.

Autoridades percorreram pista de atletismo entregue pela prefeitura

Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Pax Primavera