Coronel David apresenta emenda contra Projeto do Governo que impede policiais militares de se aposentarem

O parlamentar apresentou uma emenda supressiva ao Projeto do Executivo durante sessão ordinária desta terça-feira (26).

“Não posso aceitar colocar os policiais maus no mesmo patamar que os bons. Isso é injusto e ilegal”. Assim o deputado estadual Coronel David (PSL) se posicionou contra o projeto do Poder Executivo que tenta alterar o Estatuto dos Policiais Militares de Mato Grosso do Sul. O posicionamento contundente foi feito durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira (26).

Em defesa da carreira dos policiais militares e dos agentes das forças de segurança do Estado, David apresentou uma emenda supressiva ao projeto do Governo que tenta acrescentar dispositivos e alterar a redação dos artigos 90 e 95, sugerindo que “não será concedida transferência para a reserva remunerada, a pedido, ao policial militar que estiver respondendo a inquérito ou a processo em qualquer jurisdição, cumprindo pena de qualquer natureza, para oficiais e praças do sexo masculino é feminino de 70 e 65 anos respectivamente”.

“Apresentamos essa emenda supressiva para garantir o direito aos policiais militares, pois a forma como veio o projeto do Governo do Estado vai impor um sacrifício e cometer uma injustiça àqueles que lutam bravamente todos os dias para manter a segurança do nosso povo de Mato Grosso do Sul. Conseguimos mais que o necessário de assinaturas para dar segmento a esta emenda, pois os parlamentares também não concordam com essa injustiça. O projeto quer impedir que policiais e bombeiros que estejam respondendo a processos ou até mesmo aqueles que sejam já condenados sejam proibidos de irem para a reserva remunerada. Este é um direito previdenciário, de maneira que este projeto é injusto e ilegal”, defendeu Coronel David.

Para que a emenda seja aceita é preciso que pelo os deputados votem a favor da mesma durante as votações em plenário que devem acontecer nas próximas sessões. “Por isso, eu conclamo meus colegas a defenderem comigo os nossos bons policiais militares e manter a legalidade para aqueles que, literalmente, dão a vida pela população”, finalizou.

Assessoria de imprensa Coronel David
Taciane Peres

Pax Primavera