Coronel David solicita dados sobre convênio entre União e Estado para combate ao tráfico de drogas

O objetivo é saber se o Estado não está sendo sobrecarregado por atividades sem a devida contrapartida e reconhecimento da União

O deputado estadual Coronel David (PSL) encaminhou um requerimento durante sessão ordinária desta terça-feira (7), ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e à Secretaria de Estado e Justiça e Segurança Pública. A solicitação refere-se a um convênio MS/Polícia Civil/Ministério da Justiça/Polícia Federal sobre o atendimento de ocorrências vinculadas ao tráfico de drogas em MS e tem a finalidade de verificar se a contrapartida firmada no convênio é “razoável e justa ao Estado”.

“Enquanto presidente da Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social da Assembleia Legislativa solicitei este requerimento, pois temos o interesse em saber de que maneira este convênio está atuando no enfrentamento e combate ao tráfico de drogas na região de fronteira em MS. Precisamos saber também se o Estado não está sendo sobrecarregado por atividades sem a devida contrapartida e reconhecimento da União”, pontuou Coronel David.

O convênio à época fez parte da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron) e foi assinado pelo governador André Puccinelli em 2014 e teve como objetivo somar esforços da União e de todos os entes envolvidos com a segurança na repressão de entorpecentes. O deputado ressalta que nosso Estado é parceiro da União no combate a todo e qualquer ilícito, mas há de ser reconhecido através de investimentos e a compensação pelos esforços de seus valorosos policiais civis e militares.


Assessoria de imprensa Coronel David

Pax Primavera