Por critério de merecimento, primo de Gilmar Mendes virou desembargador no Estado do Acre

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes faltou, na quinta-feira (29), à posse de seu primo Elcio Mendes como desembargador de justiça no Acre.

Gilmar disse que iria faltar porque precisaria comparecer à sessão do STF que julgou a permanência da relatoria da Lava Jato com o ministro Edson Fachin.

Diferentemente do primo famoso, Elcio é um magistrado reservado, que foge dos holofotes.
Recentemente, outro primo de Gilmar Mendes assumiu um cargo relevante. Trata-se de Francisval Mendes, diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Gilmar também faltou à posse de Francisval.

Fonte:AC 24horas

CAMPANHA SANESUL