Em ação conjunta, Polícia Civil e Militar impedem um tribunal do crime em Nova Alvorada do Sul

Foto:Policia Civil
Foto:Alvorada Informa

Na tarde hoje (11) as forças de segurança pública do município impediram que um adolescente fosse julgado por um tribunal do crime.


Conforme relatos, o jovem foi ameaçado para participar de um “conferência” aonde seria julgado por supostamente ter ameaçado de morte um amigos dos integrantes da facção.


Durante o julgamento que durou mais de 04 horas, o jovem foi obrigado a permanecer no local enquanto diversos telefonemas eram feitos para os julgadores que estavam a distância e a maioria preso.


Entretanto, antes do “veredicto” uma equipe do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil e destacamento da Polícia Militar invadiram o local que era realizado o julgamento, prenderam três envolvidos e conseguiram salvar a vida do adolescente.


No local foram apreendidas munições, drogas, vários celulares que era usados e balança de precisão.


Durante o interrogatório, dois deles confirmaram que participavam de uma conferência e que não tinha ciência ainda de qual seria o resultado decidido pelo integrantes a distância.


Os três presos deverão responder por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, cujas penas podem superar 20 anos.

http://assomasul.org.br/