Em Nova Alvorada do Sul, estuprador que invadiu casa e com garfo abusou de menina de 12 anos terá de pagar R$ 2 mil à vítima

Com um garfo no pescoço da menina, o autor a estuprou após invadir quarto pela janela

Foi condenado a um pagamento de indenização de R$ 2 mil a uma vítima de estupro de 12 anos, um diarista de 27 anos, que acabou preso. Ele invadiu a casa da garota e com um garfo a ameaçou cometendo o crime. 

A menina estava em seu quarto dormindo quando, em maio de 2020, o autor invadiu a casa enquanto todos dormiam, indo até o quarto da garota e, com um garfo colocado no pescoço para ameaçá-la, tirando as roupas da menina e a estuprando. 

Após cometer o crime, o homem fugiu levando o celular da menina. Ela chamou pela mãe que juntas foram à delegacia para fazer a denúncia contra o homem, que acabou preso. Ele foi condenado a 17 anos, 3 meses e 20 dias de reclusão em regime fechado, sem direito de recorrer em liberdade, além de pagamento da indenização de R$ 2 mil à vítima. 

Mas, o MPMS (Ministério Público Estadual) recorreu e o recurso foi aceito, sendo que a pena aumentou para 20 anos, 9 meses e 9 dias de reclusão e 164 dias-multa.

Fonte:Midiamax

gov ms