Fazendeiro e filho são mortos em propriedade rural de Amambai

Um morador da fazenda Peteĩ localizado em Amambai na saída para Juti na MS 289 e o filho dele morreram na manhã desta sexta-feira (14).

O fazendeiro identificado apenas como Olenir Silva( popular nego Silva) e o filho António Silva de 20 anos, seriam as vítimas de um atentado.

As primeiras informações dão conta de que homens vestidos com roupas camufladas e com capuzes teriam invadido o local e capturados os dois. Nego Silva foi executado a tiros e o filho foi amarrado e morto a golpes de facão.

Os marginais teriam destruído parte das instalações da fazenda e danificado o sistema de rádio comunicação e depois fugido para uma mata. Dezenas de policiais estão no local realizando buscas e o delegado Ulisses Ney de Brito da Polícia Civil de Amambai, chefia as investigações.

Como não sinal de telefone celular na região as informações ainda são poucas, mas a movimentação de policiais e produtores rurais é grande nas proximidades em busca dos marginais.

Texto: António Coca

ALEMS:UNIÃO DE ESFORÇOS