Flagrado com arma no Bar dos Corintianos, jovem faz ‘caras e bocas’ ao chegar à delegacia

Jovem ao ser preso fez pouco caso da gravidade do ato que cometeu.

O indígena Marcos Antonio Garcia de Lima, de 22 anos, foi preso no Bar dos Corintianos na noite de ontem com um revolver na cintura e ao chegar à delegacia fez “caras e bocas” ao ser fotografado como se nada tivesse acontecendo com ele ou que não havia cometido nenhum ato ilícito.

A prisão foi feita pela Polícia Militar por volta das 22h depois de receber uma denúncia anônima. O Bar dos Corintianos está localizado no prolongamento da Avenida Presidente Vargas, próximo à casa de Marcos que mora na Aldeia Jaguapiru.

Com a denúncia uma equipa da Rádio Patrulha da PMS se deslocou ao local e abordou Marcos Antonio que tinha um revolver calibre 32 municiado. O indígena afirmou que havia comprado a arma por R$ 1.800 reais e que seria usada apenas para pra defesa pessoal.

Na delegacia Marcos Antonio onde foi autuando em flagrante acusado de porte ilegal de arma de fogo e insistia em fazer chacota com o ato praticado.

Fonte: Midiamax

Pax Primavera