Futuro ministro de Bolsonaro vai revitalizar ferrovia da Malha Oeste em MS, diz Reinaldo

Novo ministro teria se comprometido a colocar o projeto no programa de investimentos já em fevereiro

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) comentou, nesta quarta-feira (28), a escolha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que indicou o ex-diretor do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Tarcísio Gomes de Freitas, para assumir o Ministério de Infraestrutura. Reinaldo explicou que o futuro ministro conhece bem quais são os desafios em Mato Grosso do Sul.

Reinaldo afirmou que encontrou o Tarcísio, em Brasília, há cerca de 30 dias, e que ele garantiu tocar o projeto que prevê a revitalização da ferrovia da Malha Oeste no Estado.

“Ele me disse que, em fevereiro, o projeto estará na PPI (Programa de Parcerias de Investimentos). A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) desenhou o escopo com todos os detalhes. O projeto chega a R$ 4 milhões e vai revitalizar toda a malha oeste”, comentou.

Azambuja ainda comentou que Tarcísio assume uma das principais pasta no governo de Bolsonaro. “É uma pasta vital para o país. Nós precisamos avançar em logística, não é apenas a agricultura que precisa de logística, o comércio também precisa para ter um frete competitivo. Estou muito contente e não há ninguém mais do que indicado do ele para assumir o comando e que conhece os desafios do nosso Estado”.

Investimentos

Durante agenda, o governador ainda afirmou que o Estado está fazendo a sua parte, com investimentos em logística. “Nós vamos trazer mais portos. Serão novos terminais que devem atender Mato Grosso do Sul e que serão instalados em Porto Murtinho, Corumbá e Ladário. Os novos terminais ajudarão na circulação de produtos e comércio e também na importação de commodities para indústrias de MS”, finaliza.

por:Top midiaNews

Pax Primavera