GP da Bélgica: Hamilton sobra e fica a apenas duas vitórias de igualar recorde de Schumacher

Lewis Hamilton homenageia Chadwick Boseman no pódio em Spa-Francorchamps — Foto: Getty Images

Inglês lidera de ponta a ponta em Spa-Francorchamps e chega ao 89º triunfo na Fórmula 1; Bottas e Verstappen completam pódio, e Ricciardo é quarto com a melhor volta da prova

Um tranquilo passeio numa agradável tarde de domingo em Spa-Francorchamps. Assim pode ser definida mais uma vitória de Lewis Hamilton na Fórmula 1, a quinta em sete corridas na temporada 2020. O hexacampeão liderou de ponta a ponta o GP da Bélgica com a Mercedes e foi seguido pelo companheiro de equipe Valtteri Bottas e por Max Verstappen, da RBR.

Com a quarta vitória no circuito de Spa-Francorchamps e a 89ª na F1, Hamilton ficou a apenas duas de igualar o recorde de 91 do alemão Michael Schumacher. A temporada 2020 segue no próximo fim de semana com o GP da Itália, em Monza.

No pódio, Hamilton voltou a homenagear Chadwick Boseman, ator americano que morreu de câncer na última sexta-feira. O hexacampeão fez o símbolo do personagem Pantera Negra, interpretado por Boseman no cinema e que também é usado para exaltar a luta antirracista.

Na classificação do campeonato, Hamilton disparou ainda mais na liderança, com 157 pontos, contra 110 do vice-líder Verstappen e 107 do terceiro colocado Bottas. Para se ter uma ideia do domínio dos três em 2020, o quarto na tabela, Alexander Albon, soma apenas 48 pontos.

A Renault teve sua melhor corrida na temporada e ficou em quarto lugar com Daniel Ricciardo, autor da volta mais rápida na última passagem, e em quinto com Esteban Ocon. Também pontuaram, da sexta à décima posições, Alexander Albon (RBR), Lando Norris (McLaren), Pierre Gasly (AlphaTauri), Lance Stroll (Racing Point) e Sergio Pérez (Racing Point).

Resultado da prova

Resultado final do GP da Bélgica de F1 — Foto: Reprodução/FOM

Fonte:Globo.com

http://assomasul.org.br/