Identificadas vítimas de acidente que matou três pessoas entre Bataguassu e Presidente Epitácio

Paulo Roberto Sidoski Junior e Selma Davi dos Santos eram moradores de Nova Porto XV, em Bataguassu - Imagem: Redes Sociais

Fato ocorreu na noite desta quarta (08) no aterro de acesso à ponte sobre o Rio Paraná

Foram identificadas as vítimas as três vítimas em óbito do grave acidente entre um veículo utilitário e uma carreta que ocorreu na noite desta quarta-feira (08), na BR-267, entre as cidades de Bataguassu (MS) e Presidente Epitácio (SP).

A colisão envolveu uma Fiat Strada ocupada por Paulo Roberto Sidoski Junior e Selma Davi dos Santos, que morreram no local, quando o carro, em circunstâncias que deverão ser apuradas, se chocou contra uma carreta. O casal morava no Distrito de Nova Porto XV, em Bataguassu.

Já o condutor da carreta, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu, foi identificado como sendo Celso Elias Francisco, de 55 anos, morador em Indiana (SP).

O acidente ocorreu no aterro do lago da Usina Sérgio Motta, no acesso à ponte sobre o Rio Paraná, sendo que, devido à violência do impacto, o veículo Fiat Strada ficou totalmente destruído e seus dois ocupantes morreram no local.

A carreta saiu da ponte e caiu no rio. Seu condutor ficou preso na cabine, submerso, e teria se afogado. 

Ele foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros Militar em estado gravíssimo, sendo encaminhado para a Santa Casa de Bataguassu, mas não resistiu e morreu em seguida.

Além do Corpo de Bombeiros, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil de Núcleo de Perícias foram acionadas para atenderem a ocorrência.

O trânsito naquele trecho da BR-267, na divisa de Mato Grosso do Sul com São Paulo, ficou interrompido nos dois sentidos durante a realização dos procedimentos. As causas do acidente deverão ser investigadas. (Com informações do Cenário MS).

Fonte: Nova News

http://assomasul.org.br/