INSS devolverá R$ 57 milhões cobrados indevidamente de beneficiários

Quatro associações de aposentados e pensionistas tiveram o convênio cancelado com o Instituto Nacional do Seguro Social por irregularidades

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai devolver R$ 57 milhões que foram cobrados de forma indevida de 800 mil aposentados e pensionistas. Os valores serão restituídos ao longo da próxima semana, na forma de crédito em folha.

Há 60 dias, o INSS suspendeu o repasse dos descontos de quatro entidades por suspeita de irregularidades. Havia indícios de que as associações usavam empréstimos consignados ou seguro de vida como forma de conseguir a inclusão do segurado no quadro. No entanto, muitos deles não tinham conhecimento dessa adesão nem dos descontos feitos mensalmente.

Nessa quinta-feira (01/08/2019), após concluir as investigações, o instituto cancelou o convênio com a Associação Beneficente de Auxílio Mútuo ao Servidor Público (Abamsp), a Associação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Asbapi), a Associação Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Previdência Social (Anapps) e a Central Nacional dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (Centrape).

A rescisão dos acordos de cooperação técnica foi publicada pelo Ministério da Economia no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira.

Fonte;Metroples

Pax Primavera