MPE atende Federação e clubes e libera Estádio Morenão para o torcedor

Laudos com adequações exigidas foram entregues nesta sexta e MPE deve comunicar oficialmente na segunda jogos com torcida já nestas terça e quarta.

O torcedor de Campo Grande poderá, enfim, acompanhar os jogos de seus clubes no Estádio Morenão. Uma reunião nesta sexta-feira (2) marcou a entrega de novos laudos com as adequações exigidas ao Ministério Público Estadual (MPE/MS) que liberou o local para partidas oficiais. No encontro estavam representantes dos clubes e da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

Anderson Ramos / Capital News

Entregas dos Laudos do estádio Morenão - MPE/MS Clubes

Presidentes dos clubes realizaram uma “Força Tarefa” juntos para liberar o estádio Morenão

A confirmação oficial deve ser divulgada pelo MPE/MS na segunda, mas a liberação já foi confirmada pelo presidente da Federação, Francisco Cezario, para os jogos do Campeonato Estadual e Copa Verde. Os primeiros jogos acontecem já nesta semana. Na terça (6), às 20h10, União ABC e Comercial abrem o estádio para a torcida pela quarta rodada do Estadual. Na quarta, às 20h30, o Operário FC enfrenta o Cuiabá -MT pela rodada de ida da primeira fase da Copa Verde.

A liberação só foi possível graças ao esforço da Federação, em conjunto com o Operário FC, Comercial e União ABC, clubes interessados em mandar seus jogos no Morenão, além da Fundesporte. O Novo segue trabalhando para a liberação do Estádio Jacques da Luz, o que pode acontecer na próxima semana com a entrega do laudo de engenharia, o único ainda pendente.

Cuidado com o torcedor

De acordo com Cezário, a demora em se liberar o estádio Pedro Pedrossian pelo MPE deve ser entendida como preocupação do órgão com o conforto do público ao acompanhar os jogos do Estadual. “Na verdade tudo foi feito na busca do zelo ao torcedor. Os promotores foram muito atentos sobre o que nós devíamos fazer. Foi uma comunhão de esforços dos presidentes de clubes de Campo Grande, a Federação e sua diretoria e até torcedores que estiveram nesses últimos dias no Morenão”, disse ao Capital News.

A liberação do Morenão, de acordo com o dirigente, deve ser comemorada pelo torcedor “colorindo o Morenão”. “Quero agradecer o carinho e a atenção que a Promotoria teve com nossos dirigentes, atendendo as audiências. Estamos muito felizes e à partir de segunda-feira(5) espero que os torcedores possam colorir o Morenão com as cores do Operário, Comercial, União/ABC e do Novo”, concluiu.
Clubes

Entre os clubes o momento também é de alívio. Principalmente o Operário, que enfrenta o Cuiabá na quarta-feira pela Copa Verde e corria o risco de fazê-lo sem torcedor. O presidente Estevão Petrallás esteve acompanhado nas audiências pelo diretor-executivo Anderson Ramos, e os conselheiros Cel Nelson e  o diretor de futebol Ari Portugal,  afirma que a liberação do estádio é resultado do esforço de várias pessoas. “Precisamos agradecer as pessoas que de fato se envolveram na busca de ter de volta o maior palco do futebol sul-mato-grossense.

Os presidentes Fábio do União/ABC e o Valter do Comercial, o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, o Reitor da UFMS professor Marcelo Turine, e por fim ao presidente da Federação, Francisco Cezário e até alguns torcedores que estiveram lá acompanhando o esforço de todos. Passamos três dias trabalhando, unidos na reabertura do Morenão. Com respeito ao demais, esse é o grande palco do nosso futebol”.

Fábio Manso, presidente do ABC, lamentou a demora em ter o Morenão de volta. “Tivemos que mandar o único jogo em que poderíamos ter uma boa renda em Rio Brilhante [o empate em 1 a 1 com o Operário] e com um prejuízo grande. Mas fico muito feliz com a união dos clubes com a Federação. Esse é o primeiro passo para que o futebol do Estado cresça. Os presidentes de Operário e Comercial deram um exemplo de que a rivalidade é só em campo e fora temos que nos unir. Acredito que agora o campeonato vai ser outro, vai começar de fato”. O pensamento é compartilhado por Válter Mangini, presidente do Comercial. “O futebol de Mato Grosso do Sul fez um golaço”, resumiu.

Fonte:Anderson Ramos / Capital News

Estádio Pedro Pedrossian (Morenão) 2018

Está cena não se não será mais vista, estádio Morenão sem torcedores

Pax Primavera