MS fecha 2019 com o quinto melhor desempenho do país na geração de empregos, segundo o Caged

No ano ocorreram no estado 240.679 demissões de trabalhadores com carteira assinada, mas, em contrapartida, foram contratados formalmente 253.278 pessoas, resultado em um saldo positivo de 12.599 vagas.

Mato Grosso do Sul terminou 2019 com o quinto melhor desempenho percentual do país na geração de empregos. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do ministério da Economia, no ano ocorreram no estado 240.679 demissões de trabalhadores com carteira assinada, mas, em contrapartida, foram contratados formalmente 253.278 pessoas, resultado em um saldo positivo de 12.599 vagas, o equivalente a 2,50%.

O índice do estado foi superior ao do país, 1,68% e, apenas: Roraima, com 4,25%; Santa Catarina, com 3,56%; Mato Grosso, com 3,37% e Espírito Santo, com 2,73% registram percentuais mais altos.

Dos oito macro setores da economia pesquisados pelo ministério, seis registraram variações positivas, ou seja, geraram postos de trabalho, no acumulado dos 12 meses de 2019 em Mato Grosso do Sul.

O melhor desempenho entre esses segmentos, tanto na quantidade de vagas criadas, quanto no percentual do saldo de empregos, foi do setor de serviços. O segmento registrou 85.142 desligamentos, mas contabilizou 93.092 contratações, tendo um saldo positivo de 7.950 vagas, o equivalente a 4,35%.

Também registraram variações positivas: extrativismo mineral, com 4,19%; comércio, com 2,87%; agropecuária, com 0,77%; indústria da transformação, com 0,53% e serviços de utilidade pública, com 0,06%.

Por outro lado, terminaram o ano com saltos negativos, o que indica mais demissões que contratações a administração pública, com 0,27% e a construção civil, com 0,19%.

Dezembro

Se no ano o resultado do estado foi positivo, especificamente no mês de dezembro os dados do Caged apontam o contrário. Foram 13.300 admissões e 19.628 desligamentos, o que resultou em um saldo negativo de 6.328 vagas ou 1,21%.

Fonte: Anderson Viegas/ G1 MS

http://assomasul.org.br/