NOTA DE ESCLARECIMENTO

A TELENET vem a público prestar os seguintes esclarecimentos.

Correm rumores em alguns grupos de WhatsApp de que um de nossos colaboradores teria contraído o novo coronavírus (COVID-19); no entanto, esta notícia não poderia estar mais longe da verdade. Ocorre que alguns dias atrás, um de nossos colaboradores apresentou sintomas de gripe, ocasião em que procurou atendimento médico e recebeu diagnóstico de um simples resfriado. O referido colaborador não apresenta e nunca apresentou nenhum dos sintomas do novo coronavírus, tais como: febre, dor de garganta e dificuldades para respirar, contudo; seguindo as orientações médicas, foi temporariamente afastado de suas funções, medida de precaução e segurança, que visa o bem-estar individual e coletivo, ainda que se trate de um simples resfriado.

Apelamos para o bom senso, civilidade e empatia das pessoas neste momento delicado, para que evitem ficar disseminando notícias falsas (Fake News), para não provocar pânico e histeria desnecessários, o que apenas causa transtornos e prejudica o louvável trabalho dos órgãos e profissionais da saúde que estão na linha de frente nesta pandemia, com grandes sacrifícios pessoais, alguns tendo inclusive que renunciar inclusive ao convívio familiar para lutar pela família dos outros.

A TELENET esclarece ainda, que seus serviços há muito vem sendo considerados como “serviços essenciais à vida moderna”. A internet é o tecido de nossas vidas, um mecanismo de relevância inestimável para a sociedade, configurando-se atualmente como uma “necessidade básica”, tanto mais agora nesse período de isolamento.

Diante da impossibilidade de interrupção total de suas atividades, a empresa redobrou os cuidados com higiene e limpeza, e vem seguindo religiosamente todas as orientações emanadas pelo Ministério da Saúde e dos demais órgãos envolvidos no combate e controle desta terrível pandemia.

Prezamos, acima de tudo, pela saúde de nossos clientes e colaborares, pois ela é o nosso bem supremo aqui na terra, sem a qual nada mais importa. Estamos fazendo o possível para manter a ordem e o bom andamento de nossos trabalhos, inclusive, acionamos as autoridades policiais para apurar os autores e eventuais propagadores desta falsa notícia.

http://assomasul.org.br/