Nota de Esclarecimento sobre a Santa Casa de Campo Grande

A 32ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública de Campo Grande, em resposta às críticas feitas pelo Prefeito Municipal de Campo Grande, esclarece à população sul-mato-grossense que desde a ciência do fechamento dos portões do Pronto Socorro da Santa Casa de Campo Grande, anunciado no dia 03 de agosto de 2017, instaurou procedimento para apuração dos fatos, com notificação do Secretário de Estado de Saúde e Secretário Municipal de Saúde para que adotassem as medidas necessárias para que os pacientes do SUS não ficassem desassistidos em razão da redução do atendimento.

Na tarde de ontem (07/08), esta Promotoria de Justiça convocou reunião, a qual contou com a presença do Presidente da Santa Casa e Secretário Municipal de Saúde de Campo Grande, tendo as partes informado que o fechamento do Pronto Socorro para atendimentos de baixa complexidade foi previamente acordado em reunião realizada em 22 de maio de 2017, sendo que desde esta data o Pronto Socorro da Santa Casa passou a receber unicamente pacientes de média e alta complexidades regulados pela Central de Regulação de Vagas.

Tal medida foi adotada com objetivo de prestar um atendimento digno e de qualidade aos usuários do SUS.

Consigna-se que os pacientes de urgência e emergência continuam sendo recebidos no Pronto Socorro da Santa Casa, na medida da capacidade instalada.

Desse modo, a 32ª Promotoria de Justiça continuará vigilante na defesa do direito à saúde dos pacientes usuários do SUS.

Campo Grande, 08 de agosto de 2017.

fonte: 32ª Promotoria de Justiça

http://assomasul.org.br/