Pacote milionário para educação e lançamento de obras no interior marcaram semana do governador

O governador Reinaldo Azambuja lançou nesta semana uma série de investimentos em diferentes setores, entre eles o pacote de R$ 8,4 milhões para melhorar a alfabetização dos alunos da rede pública. Também autorizou obras de infraestrutura e saneamento em três cidades do interior do Estado.

Para contribuir com o setor de educação, o governador lançou o programa “MS Alfabetiza”, que tem a missão de criar as condições necessárias para que os estudantes da rede pública possam melhorar a alfabetização no 1° e 2° ano, tendo o aprendizado adequado para sua idade.

Governador lança MS Alfabetiza (Foto: Edemir Rodrigues)

“Esta lei foi aprovada na Assembleia Legislativa e vai permitir ao Estado atuar junto com as redes municipais de ensino. Melhorar alfabetização dos alunos para esses jovens chegarem preparados no ensino médio e superior. Se não tivermos uma boa alfabetização, de que adianta investir nos outros ensinos? ”, descreveu o governador.

O programa teve a adesão dos 79 municípios, já que o governo vai promover os investimentos na rede municipal de ensino, com a compra de material didático complementar, apoio pedagógico, qualificação dos professores, avaliação dos alunos e até premiação das escolas. Ao todo mais de 88 mil estudantes farão parte desta 1° fase.

O governador também anunciou a implantação de mais 34 escolas de tempo integral na rede estadual de ensino, que vão chegar a 13 unidades escolares neste modelo. O desafio é chegar a 60% das escolas com sistema até o final de 2022. Esta mudança é prioridade da gestão desde 2015.

Infraestrutura e saneamento

Para melhorar a infraestrutura urbana e o saneamento do Estado, o governador lançou uma série de obras para os dois setores nas cidades de Nova Alvorada do Sul, Miranda e Ladário. A intenção é melhorar a qualidade de vida da população, além de contribuir com o escoamento da produção e tráfego local.

Em Nova Alvorada do Sul foram R$ 36 milhões em investimentos, entre eles o lançamento da obra de drenagem e pavimentação de oito ruas do bairro Maria de Lourdes. Ainda firmou protocolo de intenções para construir a Feira do Produtor da cidade e assinou licitação para duas pontes de concreto sobre o Rio Anhandui. Para o saneamento foram R$ 20 milhões em obras com foco na ampliação da rede de esgoto e para oferecer segurança hídrica ao município.

Governador em Miranda (Foto: Saul Schramm)

Já em Miranda houve entregas de cartões do programa “Mais Social” a famílias carentes, assim como repasse de equipamentos para o campo, início de construção de ponte sobre o Córrego Vilas Boas, reforma da Escola Estadual Indígena Professor Atanásio Alves, assim como autorizou para revitalização da Praça Agenor Carrilho e reforma do hospital municipal. Ao todo somam R$ 10,1 milhões em infraestrutura.

Para Ladário foram mais R$ 26 milhões em investimento. O governador entregou as obras de rede coletora de esgoto, para 723 novas ligações domiciliares, e um reservatório apoiado metálico de 500 mil litros. Também assinou licitação para asfalto no bairro Seac, firmou convênio para revitalização do ginásio municipal, além de autorização para nova obra de rede de esgoto e implantação da arena de grama sintética, que faz parte do programa “MS Bom de Bola”.

Leonardo Rocha, Subcom

ALEMS:UNIÃO DE ESFORÇOS