PM recupera carreta roubada em SP e motorista é libertado de cativeiro

Carreta recuperada pela Polícia Militar em Rio Brilhante (Fotos Olimar Gamarra)
Fotos Olimar Gamarra

A Polícia Militar de Rio Brilhante montou operação no final da manhã de hoje (2) e recuperou uma carreta Bitren, Scania placas de Bela Vista do Paraiso, Paraná,  cor vermelha roubada em Taboão da Serra, São Paulo, e que seguia pela BR 163 sentido Dourados.

A guarnição formanada pelo Cabo J Márcio (comandante da equipe) cabo Souza, e soldados Jhon e André recebeu uma denúncia de que um carreta roubada se deslocava por rodovia no estado de Mato Grosso do Sul sentido Rio Brilhante, imediatamente foi montada barreira na BR 163 próximo a posto de combustíveis na entrada da cidade onde o veículo foi abordado por volta das 10h50.

O motorista de 33 anos que conduzia a carreta não foi reconhecido pelo proprietário da carreta como sendo seu funcionário, levantando suspeita de que o verdadeiro motorista estivesse sendo mantido em cárcere.

O suspeito informou que foi contratado para dirigir a carreta de Taboão da Serra até Dourados para pegar uma carga que ele disse não saber do que se tratava o frete. Disse ainda que não sabia a origem da carreta.

Os militantes entraram em contato com a delegacia de Taboão da Serra onde foram informados pelo delegado daquela cidade que o motorista da carreta havia chegado na unidade policial pedindo ajuda dizendo que havia sido sequestrado, mantido em cárcere e teve a carreta roubada, com isso o suspeito que conduzia o veículo recebeu vóz de prisão e encaminhado juntamente com a carreta para o pelotão da PM em Rio Brilhante.

Ainda de acordo com a Polícia, o motorista da empresa reconheceu o suspeito como sendo um dos ladrões que anunciaram o assalto e levaram a carreta.

J Márcio destacou o empenho da equipe que desde o recebimento da denúncia se esforçaram para elucidar o caso e preservar principalmente pela integridade do motorista.

O suspeito deverá responder por roubo majorado por restrição da liberdade da vítima. A ocorrência foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante.

Fonte:Rio Brilhante Tempo Real/Olimar Gamarra

Pax Primavera