Polícia prende suspeito de ajudar assassino da professora Telma em Sidrolândia

Na manhã de hoje (24. abril), foi preso um homem de 37 anos numa fazenda de Maracaju, autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e suspeito de ajudar Jadir Souza da Silva, de 51 anos, foragido desde a noite de 10 de abril, depois de assassinar a professora Telma Ferreira Rabero, de 44 anos, em Sidrolândia. A polícia suspeita que ele estava alojado nessa fazenda na MS 162, sentido Maracaju.

A operação mirava a prisão do assassino e foi realizada pela Delegacia de Sidrolândia com o apoio de equipes do Garras, GOI e Delegacia de Ribas do Rio Pardo.

Segundo a polícia, nessa busca por Jadir, foram empregados três Delegados de Polícia, 21 Investigadores e 07 viaturas.

De acordo com os elementos de informações colhidos no inquérito, o autor estaria escondido na propriedade e recebendo ajuda de terceiros para se manter em fuga.

Durante as diligências na propriedade foi realizada a varredura do local pelas equipes da polícia, entretanto, Jadir, autor do feminicídio, não foi encontrado no local.

Em cumprimento ao mandado de busca e apreensão, expedido pela Vara Criminal de Sidrolândia, foram localizadas duas armas sem registro na sede da Fazenda. 

Por: Tero Queiroz (msnoticias)

gov ms