Prefeita eleita de Sidrolândia vai preparar ‘reforma’ e apresentar plano com ações nos próximos dias

Vanda Camilo (PP) estava como chefe do Executivo de forma interina desde janeiro

Prefeita eleita, Vanda Camilo (PP) diz que vai preparar ‘estruturação administrativa’ e apresentar um plano com as ações do mandato. Ela estava à frente da Prefeitura de Sidrolândia como prefeita interina desde janeiro, uma vez que o eleito em 2020 foi impedido de assumir a gestão, e ganhou a eleição suplementar feita no domingo (13), contra Enelvo Felini (PSDB).

“Vamos preparar uma estruturação administrativa visando a maior eficiência e bom uso da máquina pública. Assumimos esse compromisso com muita responsabilidade. Apresentaremos um plano nos próximos dias, ouvindo as pessoas, os assentamentos, as aldeias e o nosso Distrito”, disse na manhã desta segunda-feira (14).

Vanda teve 52,4% dos votos, enquanto o ex-prefeito Enelvo Felini recebeu 47,6% dos votos. Ainda foram registrados 1,58% de votos em branco e 1,88% anularam. A abstenção atingiu os 31,29%. Na condição de presidente da Câmara Municipal, a prefeita eleita assumiu a chefia do Poder Executivo devido à impossibilidade de Daltro Fiúza (MDB), que teve a candidatura barrada pela Justiça Eleitoral.

A nova vice-prefeita é Rosi Fiúza, esposa de Daltro. A dupla faz história sendo as primeiras mulheres a assumirem os respectivos cargos. A posse de Vanda e Rosi está marcada para 2 de julho.

Fonte:Midiamax

ALEMS:UNIÃO DE ESFORÇOS