Reinaldo Azambuja anuncia liberação de R$ 860 mil para estruturação do curso de Medicina da UEMS

Foto: Chico Ribeiro

Ao assinar nesta quinta-feira (6) convênios para ativar o internato regional dos acadêmicos de Medicina da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), o governador Reinaldo Azambuja anunciou a liberação de R$ 860 mil para a estruturação do curso.

Segundo o gestor, “os recursos são para aquisição de acervo bibliográfico, equipamentos permanentes e materiais de laboratório”. O governador destacou o uso dessas ferramentas para melhorar as condições do aprendizado dos alunos.

A faculdade de Medicina da UEMS foi aberta em 2015. Agora, acadêmicos que chegaram no sexto ano do curso devem cumprir estágio curricular supervisionado obrigatório atendendo a população de 25 municípios do Estado. O estágio é chamado de internato regional.

O trabalho no interior do Estado será possível graças ao convênio assinado hoje entre Governo, UEMS e prefeituras. Para o reitor da Universidade, Laércio Alves, a medida fortalece o curso e qualifica os futuros médicos. “É um projeto pioneiro que leva médicos para onde a população precisa”, disse.

As cidades para os estágios são Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Aquidauana, Aral Moreira, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caarapó, Cassilândia, Corguinho, Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Inocência, Itaporã, Jaraguari, Jateí, Juti, Mundo Novo, Nioaque, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Selvíria e Vicentina.

Cada uma delas vai fornecer, no mínimo, duas vagas de estágio por mês e os alunos vão receber auxílio de R$ 800 mensais, além de hospedagem e alimentação.

Solenidade – O evento de assinatura dos convênios para estágio dos alunos foi realizado na governadoria com as presenças dos secretários estaduais Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Desenvolvimento Econômico), Maria Cecília (Educaçã) e Carlos Alberto de Assis (Articulação Polícia na Capital).

Ainda estiveram presentes o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa, acompanhado dos parlamenateres Neno Razuk, Evander Vendramini, Rinaldo Modesto, Gerson Claro e João Henrique Catan. O deputado federal Beto Pereira também marcou presença, além de prefeitos e vereadores das cidades que vão receber os estudantes de Medicina.

Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Pax Primavera