Simone Tebet defende socorro a setores de eventos e turismo

Senadora Simone Tebet (MDB-MS) concde entrevista coletiva à imprensa. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) está otimista em relação à sanção do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). O texto foi aprovado na semana passada pelo Senado e deve virar lei nos próximos dias. Em entrevista ao programa Noticidade primeira edição, da Rádio Cidade FM, de Campo Grande-MS, ela comentou a importância da medida para resguardar o setor que tem 60 mil empresas e emprega mais de 7,5 milhões de brasileiros direta e indiretamente. Durante a crise sanitária, estima-se que mais de 450 mil empregos foram extintos.

“”Esse projeto é um plano de recuperação com linhas de crédito, parcelamento de dívidas, refinanciamento e suspensão temporária do pagamento de tributos. Vem para evitar que empresas entrem em processo de falência e possam ter minimamente um suporte”, explicou.

Simone ressaltou a importância do setor de entretenimento para que, após este momento, “quando a pandemia der uma trégua, essa atividade possa abrir as suas portas, porque ela é muito importante, não só para a geração de emprego, mas também para que após este momento de dor, de tristeza, possamos ter cultura, entretenimento na nossa vida”.

Simone explicou que o setor engloba 52 segmentos (segurança, marketing, transporte, logística, hospedagem, alimentação, infraestrutura e centros de convenções) e foi um dos mais afetados pelas restrições impostas pela pandemia de coronavírus. Segundo a senadora, estima-se que mais de 95% das atividades foram afetadas.

“O setor de eventos foi o primeiro a fechar quando a pandemia começou e certamente será o último abrir”, disse Simone ao constatar que o cenário é preocupante para economia, pois a expectativa é de que a paralisação das atividades perdure por mais alguns meses.

Fonte:Assessoria de imprensa/Raquel Madeira

Rota do Saneamento