SulNovaAlvoradense e morto em fazenda com mais 47 golpes de faca em Agua Clara

“Não aguentava mais ser humilhado”, disse assassino de peão ao ser preso

Alan Evileyda Costa Campos morreu na hora (Foto: Reprodução)

Preso em flagrante e assassino confesso, o homem que matou o peão Alan Eviley da Costa Campos morador em Nova Alvorada do Sul, em uma fazenda na na região de Água Clara, a 193 km de Campo Grande, contou à polícia que matou Alan porque “não aguentava mais ser humilhado”.

De acordo com o boletim de ocorrência, os dois trabalhavam juntos e tinham problemas de convivência, mas o autor do crime não deu muitos detalhes sobre quais seriam os atritos entre ele e a vítima.

O corpo de Alan foi encontrado, com várias perfurações, aproximadamente 47 perfuracoes na região da barriga, pescoço, braços e pernas, o mesmo foi encontrado sem vida no curral da propriedade, localizada a cerca de 40 km da área urbana. Uma faca de cabo branco, usada para matar o peão, foi localizada em uma bolsa e apreendida.

Na madrugada dessa sexta-feira(27) o corpo do jovem Alan de apenas 22 anos foi sepultado no cemitério municipal de Nova Alvorada do Sul.

Além da Polícia Civil e da perícia, policiais militares também estiveram na fazenda onde ocorreu o crime. O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil.

Fonte:O correio News

Assomasul Corredor Bioceanico