Tereza e Reinaldo discutem recuperação da Malha Oeste

A futura ministra considera que a recuperação permitirá que a agricultura do estado seja mais competitiva

A deputada federal e futura ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina, e o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, se reuniram nesta terça-feira (13), com o secretário de coordenação de projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar da recuperação da ferrovia Malha Oeste.

Nos primeiros anos, conforme Tarcísio, o PPI priorizou a prorrogação das concessões de outras cinco malhas, mas como “os processos estão bem finalizados, o próximo passo é fazer a qualificação como prioritário da Malha Oeste e Malha Sul”, emendando que a etapa seguinte “vai ser dada no início do ano que vem, quando entra para o programa a prorrogação da Malha Oeste, que é prioridade”.

Para o governador essa é uma grande conquista, já que a revitalização da Malha Oeste viabiliza a Ferrovia Transamericana, que vai ligar portos dos oceanos Atlântico e Pacífico, passando por Mato Grosso do Sul, reduzindo o custo para escoamento da produção do Estado. Ao todo serão 1.973 quilômetros de malha recuperada. Estudos apontam que será necessário investir entre R$ 4,5 bilhões a R$ 5 bilhões.

A futura ministra ressaltou a importância de um planejamento para a recuperação. “Não dá pra fazer tudo de uma vez, mas tem que planejar, com orçamento, senão ela vai ficar cada vez mais sucateada e aí, não teremos ferrovia nunca mais”, disse. “Vejo que o governador está atento. É pertinente a preocupação dele”, ressaltou. Tereza disse ainda que a recuperação da Malha Oeste permitirá que a agricultura do estado seja mais competitiva.

Por:Jd1

Pax Primavera